31 janeiro 2007

31 janeiro 2007

Ainda a mousse de camarão: receita original

2 comentários
 
Tal como me foi pedido nos comentários da receita que coloquei de mousse de camarão em cana-de-açúcar, deixo aqui a receita original, sem as alterações que lhe fiz:

Ingredientes para o molho agri-doce:
1 colher de sopa de azeite
3 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de chalotas às rodelas
2 chalotas em pickle às rodelas
100g de cenoura cortada
100g de pimento verde cortado
1 chili vermelho, sem sementes, às rodelas
2 colheres de sopa de açúcar
1/4 de colher de chá de sal
1/4 de colher de chá de pimenta branca moída
1 colher de chá de molho de tomate ou ketchup
60ml de vinagre
1 colher de sopa de maisena, misturada com uma colher de chá de água

Preparação:
Aqueça o azeite numa caçarola sobre lume médio e frite o alho até estar dourado. Junte as chalotas, a cenoura, o pimento e o chili e continue a fritar por mais 1 a 2 minutos. Tempere então com o açúcar, o sal e a pimenta, seguidos do molho de tomate e do vinagre.
Deixe ferver e engrosse com a mistura de maisena e água. Reduza a lume brando, deixe ferver por mais 1 minuto e retire do lume, reservando até servir.


Ingredientes para a mousse de camarão:
300g de camarão médio, sem casca
1 colher de chá de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1/2 colher de chá de pimenta branca moída
50g de galinha picada
50g de mousse de peixe
1/2 colher de chá de maisena
2 colheres de sopa de azeite
8 pedaços de cana-de-açúcar fresca ou enlatada (com cerce de 10cm de comprimento)

Preparação:
Comece por moer o camarão, o açúcar, o sal e a pimenta num copo misturador até obter uma pasta. Junte numa tigela com a galinha picada, a mousse de peixe e a maisena e misture bem.
Unte ligeiramente as mãos com um pouco de azeite, coloque 3 colheres de sopa da mistura numa das mãos e envolva em torno do meio de um dos pedaços de cana-de-açúcar. Repita com o resto da mistura e da cana-de-açúcar.
Grelhe numa frigideira grill, virando frequentemente até estar estaladiço e ligeiramente tostado em todos os lados. Sirva quente, acompanhado do molho agri-doce.


Comentário: alterei a receita por motivos práticos - fiz algumas substituições que me pareceram não ser muito 'graves' (chili em pó em vez de chili fresco, que não tinha; ou tomates frescos em vez de molho de tomate - eu sei, isto não é bem o mesmo, mas não tinha ketchup à mão e achei que poderia ficar saboroso na mesma), para além de ter reparado que não tinha alguns dos ingredientes apenas no momento de começar a preparar o prato (porque não tinha reparado que algumas das chalotas eram em pickle e por isso usei apenas chalotas frescas, ou porque estava convencido que tinha vinagre e afinal não tinha, acabando por substituir por vinagre balsâmico...). Finalmente, houve um ingrediente que não fazia ideia de como preparar - a mousse de peixe, que não tem receita neste livro e não faço ideia se se vende já feita. Procurei outras receitas deste prato na Internet e, como encontrei algumas que não usavam mousse de peixe, decidi nem sequer me preocupar muito...

2 comentários


Pedro disse...

Muito obrigado pela receita original. De facto, as diferenças não são muitas creio e eu também não faço ideia o que seja a mousse de peixe. :)


Lídia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

 
© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff